Investimento Setor industrial paranaense recebeu investimentos de R$ 120 bilhões em três anos

Fábrica de empanados e salsichas da JBS em Rolândia é a maior do mundo. | Foto: Jonatan Campos/AEN PR

Porto Velho, RO
- O setor industrial paranaense recebeu investimentos pesados desde janeiro de 2019. O aporte da iniciativa privada na área foi o triplo do estipulado inicialmente pelo Governo do Paraná (R$ 40 bilhões). Os dados foram apresentados na noite da última terça-feira (17) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior a um grupo de empresários, em cerimônia no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba.

No evento, Ratinho destacou que foram investidos R$ 120 bilhões nesses pouco mais de três anos - entre janeiro de 2019 e março de 2022 - por 32 indústrias. Os dados são da Invest Paraná, agência responsável pela prospecção de novos negócios e atração de empresas, com base no volume de licenciamentos concedidos no Paraná pelo Instituto Água e Terra.

O destaque ficou por conta do setor de alimentação, entre elas a maior fábrica de queijos do Brasil, da Piracanjuba, em São Jorge D'Oeste; a maior fábrica de salsichas e empanados do mundo, da JBS, em Rolândia; e o maior frigorífico da América Latina, da Frimesa, em Assis Chateaubriand. Também ajudaram nessa conta a maltaria anunciada em 2021 por seis cooperativas, além de ampliações nas plantas de empresas multinacionais, como Klabin, Volkswagen, Renault, Gazin, Boticário, além da expansão de cooperativas agrícolas.

De acordo com o governo, esses investimentos ajudaram a gerar mais de 60 mil empregos, entre postos diretos e indiretos.

Fonte: Por Gazeta do Povo
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem