Bagattoli, o poderoso homem do agro, pode ficar de fora da disputa pelo Senado ? Por enquanto, ele não tem vaga

Fazendeiro  de Vilhena já foi avisado por Marcos Rogério que a vaga do PL para o Senado não será dele.

Bagatolli fez 212 mil votos pra o senado em 2018, perdendo por pouco mais de 10 mil votos para Confúcio Moura

Porto Velho, RO - No pacote de candidaturas ao Senado, não se sabe quem vencerá, entre as candidaturas postas. Mas já se pode dizer quem corre grande risco de perder! Trata-se do megaempresário do agronegócio de Vilhena, do alto dos seus 212 mil votos conquistados na última disputa senatorial, que pode ficar de fora da corrida deste ano. 

Permanecendo na PL, ao menos até agora, Jaime Bagattoli não garantiu a sigla para abrigar-se como postulante à única vaga a que Rondônia tem direito. Filiado ao PL do presidente Bolsonaro, a quem jura fidelidade e amizade pessoal (“sou o candidato ao Senado do Presidente”!, repetia Bagattoli), o empresário, ao menos estava certo de que seria o nome do Partido Liberal para concorrer este ano. Ele foi conversar com o novo presidente regional, o senador Marcos Rogério, hoje candidatíssimo ao Governo do Estado. 

No encontro, segundo relatou o próprio Bagattoli, quase num lamento, em entrevista que concedeu, no final de semana, ao programa Ponto de Vista, do jornalista Carlos Caldeira, Rogério lhe teria dito que não há compromisso da sigla com ele, mas sim com a deputada federal Jaqueline Cassol. Ou seja, se a relação definitiva de candidatos tivesse que ser apresentada hoje, Bagattoli estaria fora da corrida pelo Senado. 

Há ainda alguma chance para ele? Há sim. Como Jaqueline tem batido o martelo de que sua parceria está fechada com Léo Moraes, talvez os planos do PL precisem mudar. Além disso, candidatos à Câmara Federal pediram que Bagattoli permanecesse no PL, porque ainda acham que ele será o nome do partido para a disputa. Enfim, mesmo com todos os votos que fez na eleição passada e com todo o seu poderio financeiro, Jaime Bagattoli ainda está lutando para ser candidato ao Senado. 
Esperemos, pois, os próximos capítulos dessa novela!

Fonte: Sérgio Pires
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem