Rede Estadual de Ensino de Rondônia inicia ano letivo nesta quarta-feira, 9



Qualidade de ensino e elevação nos índices de desenvolvimento da educação básica foram alguns dos resultados

Porto Velho, RO
- A abertura do ano letivo de 2022 será nesta quarta-feira, 9, com solenidade que inicia às 8h30, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cora Coralina, no município de Ariquemes. Para garantir e ampliar a qualidade na educação, o Governo de Rondônia tem investido em todas as esferas da comunidade escolar. De tecnologia à valorização profissional, a educação tem sido prioridade no avanço do Estado.

Em toda a Rede Estadual de Ensino estão matriculados aproximadamente 200 mil estudantes e um total de 414 escolas estaduais.

O Governo de Rondônia, nos últimos três anos, já construiu 171 salas de aula, 34 novos refeitórios, 24 novos auditórios, foram feitas 50 reformas elétricas e outras 208 reformas diversas. Um investimento de R$ 135.195.866,20 milhões.

Foram várias ações realizadas pelo Governo de Rondônia visando garantir melhor conforto e melhor qualidade de ensino.

Na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cora Coralina, em Ariquemes, também acontece reforma dos setores administrativos e pedagógicos, através de uma emenda parlamentar no valor de R$ 200.000,00 (duzentos mil reias). A escola também recebe reforma e melhoria com o Programa de Apoio Financeiro (Proafi), no valor de R$ 90.000,00 (noventa mil reais).

“O Governo de Rondônia continua trabalhando com o plano estratégico para elevar ainda mais o nível da educação do nosso Estado”, disse o titular da pasta Suamy Vivecananda.

TECNOLOGIA

Os investimentos realizados pelo Governo do Estado refletem atualmente nos resultados de uma educação eficiente para todos. Mesmo durante o período de pandemia, os investimentos continuaram acontecendo e ainda alcançarão os estudantes para o início do ano letivo de 2022.

As tecnologias digitais nas escolas, por exemplo, enriquecem o processo de ensino aprendizagem e proporcionam um maior engajamento dos estudantes nas aulas, entregando benefícios tanto para o professor como para os estudantes. As aquisições realizadas entre 2019 e 2020, possibilitaram a revitalização de 281 Laboratórios de Informática Educacional.

Na mediação tecnológica o avanço também foi fundamental para alcançar estudantes em situação de vulnerabilidade.

Foram destinados 480 notebooks para professores ministrantes, coordenadores e professores presenciais; 220 computadores de mesa para atender a escola da mediação; 200 TVs 55 polegadas; 200 antenas receptoras de sinal de satélite; 197 notebooks entregues aos coordenadores; 250 notebooks para os 10 Núcleos de Tecnologia Educacional (NTE), e houve a contratação de produtora para três estúdios de TV. Um investimento de R$ 7.858.807,00 (sete milhões oitocentos e cinqüenta e oito mil oitocentos e sete reais).

PEDAGÓGICO


O setor pedagógico também obteve grandes investimentos. O material paradidático (apostilado) preparatório para estudantes do Ensino Médio, teve o objetivo de nivelamento e a preparação para as avaliações externas dos estudantes, bem como elevar o índice de desenvolvimento da Educação Básica IDEB do Ensino Médio. O objetivo foi alcançado. Houve melhoria na qualidade de ensino ofertado e elevação nos índices de desenvolvimento da educação básica.

Insubstituível nesse mesmo setor, o profissional da educação teve investimentos na sua valorização. A atualização salarial, progressão funcional e o pagamento de benefícios como licença em pecúnia e abono salarial, impactam diretamente a economia local, uma vez que que o Estado disponibilizou mais de R$ 414 milhões na economia local, favorecendo diretamente mais de 17 mil servidores da educação (professores e técnicos).

Diante dos diversos investimentos, a Educação não para em Rondônia. Com o início do ano letivo, novos projetos e ampliações devem definir a melhoria desse setor no Estado.


Fonte: SECOM
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem