NEGÓCIO DE SUCESSO Conheça o produtor que planta floresta para biomassa e confina bois usando DDG úmido



Porto Velho, RO
- No segundo episódio da série especial do projeto Mais Milho, a equipe do Canal Rural viajou até Lucas do Rio Verde, no médio-norte de Mato Grosso, para conversar com o produtor rural Leonardo Pacheco, que tem tocado um plano de negócio de sucesso na propriedade. A partir de uma parceria com uma usina de etanol de milho na região, ele viabilizou o cultivo de eucaliptos para atender à demanda da indústria por biomassa.

O acordo também garante prioridade para o produtor na aquisição de DDG úmido (produto rico em proteína, resultante da fabricação de etanol de milho), que é usado no confinamento para alimentar o rebanho bovino.

Milho permitiu realização do projeto do produtor


Para Pacheco, o milho foi o grande “ingrediente” que permitiu a realização do projeto. “Possibilitou ter florestas em áreas degradadas, bovinocultura e principalmente essa sinergia de parceria”, diz o produtor.

Ele afirma que ainda há espaço para outras ações semelhantes. “Para atendermos as usinas que estão chegando no estado, existe uma demanda de 300 mil hectares. Por isso eu falo que esta é uma grande oportunidade para quem tem áreas degradadas, fazer um projeto junto com as usinas de etanol de milho”, conclui.

*Sob supervisão de Luiz Patroni

Fonte: Por Ana Moura, de Cuiabá



Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem