MDB formata parceria com Marcos Rocha e PDT terá Benedito Alves como candidato ao Senado

Veja a íntegra da coluna de hoje, 15, do Jornalista Waldir Costa



Porto Velho, RO - MDB/União Brasil – O presidente do diretório regional do MDB, deputado federal Lúcio Mosquini e o ex (senador e governador) Valdir Raupp, uma das lideranças do partido em Rondônia, inclusive em nível nacional, onde foi vice-presidente e presidente interino teriam fechado questão com o governador Marcos Rocha, presidente regional do União Brasil e pré-candidato à reeleição. A informação é que, devido a decisão pública, do senador Confúcio Moura, hoje maior liderança do partido no Estado que não será candidato este ano Mosquini e Raupp se movimentaram. Outro argumento é que, mesmo que Confúcio resolva enfrentar as urnas, não há mais tempo para se formatar parcerias, por isso a opção por Marcos Rocha.

Senador – O ex-secretário de Estado e conselheiro do Tribunal de Contas (TC) de Rondônia, Benedito Antônio Alves oficializou esta semana a sua pré-candidatura a senador. Rondônia, assim com os demais Estados e o Distrito Federal são representados por três senadores, mas para as eleições deste ano somente a vaga do senador Acir Gurgacz estará em disputa. Acir preside o PDT em Rondônia e está inelegível. Há quem afirme, nos bastidores, que ele teria condições de concorrer às eleições deste ano. A pré-candidatura e Benedito Alves, um nome ilibado, significa que Acir está fora da disputa pela reeleição. Também se comenta, que Acir, na condição de elegível, concorreria ao governo do Estado e não para um novo mandato de senador. Quem viver verá...

Cacoal – Parte dos vereadores em Cacoal está se digladiando com o prefeito Adailton Fúria (PSD) e certamente as consequências negativas sobrarão para a população. O prefeito Fúria quer aprovar em regime de urgência R$ 18 milhões para aplicar na área de saúde. Os vereadores estão em recesso e só retornarão a partir de agosto. Para discutir e aprovar, ou não a proposta de Fúria são necessárias reuniões extraordinárias. Os vereadores de oposição, como Paulo Henrique Silva (PTB) diz que o Conselho de Saúde tem que ser ouvido, mas acreditamos que não, e sim obrigação do legislativo municipal. Em vídeo que está circulando na internet, Fúria diz que, caso o projeto não seja aprovado (reunião está marcada para a próxima semana) irá paralisar os departamentos de Obras e o Parque de Máquinas, porque o projeto para manter as atividades está engavetado no legislativo municipal.

Cacoal II – As eleições gerais (presidente da República, governadores e respectivos vices, uma das três vagas ao Senado dos Estados e Distrito Federal, deputados federais e estaduais serão em outubro, mas estão antecipando a campanha em Cacoal. É importante destacar, de a necessidade de um trabalho harmônico entre executivo e legislativo, para que o município possa se desenvolver com eficiência. Parceria não quer dizer conivência, mas bom senso faz parte da política. A esposa de Fúria, Joliane é pré-candidata a deputada federal pelo PSD, e está sendo cotada até para vice-governadora, situação que será ajustada nas convenções partidárias, para escolha dos candidatos, que terão início no próximo dia 20 e término no dia 5 de agosto.

Cacoal III – O vice-prefeito, Cássio Góes também pretende concorrer nas eleições de outubro próximo. Ele é pré-candidato a deputado estadual, também pelo PSD, a exemplo de Joliane. O vereador Paulo Henrique Silva, de oposição ferrenha é pré-candidato ao parlamento estadual pelo PTB. É necessário separar eleições de obrigações políticas. Debates acalorados, cobranças de ações do executivo são de competência dos legisladores municipais, mas são necessários critérios na busca de soluções de interesse da comunidade. Os problemas pessoais devem ser deixados de lado e a população priorizada. Vamos exercer a política na sua essência, mas é fundamental deixar a politicagem de lado. Divergências são saudáveis, mas perseguições, imposições e radicalismo não fazem parte da democracia e não levam a lugar nenhum.

Respingo
O PL presidido no Estado pelo senador Marcos Rogério tem encontro regional hoje, a partir das 19h em Vilhena no Centro de Tradições Gaúchas. O presidente municipal do partido, ex-prefeito Melki Donadon disse que Rogério estará participando +++ Além de ajustes na escolha de nomes visando as convenções partidárias (20 de julho a 5 de agosto) o partido confirma no encontro as pré-candidaturas de o empresário Jaime Bagattoli ao Senado e da ex-prefeita, Rosani Donadon à Câmara Federal. A meta do partido é fortalecer a região no Congresso Nacional a partir de 2023 com Bagattoli e Rosani +++ O sindicalista Raimundo Nonato Soares, o Raimundinho da CUT, será empossado na Comissão de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora do Conselho Estadual de Saúde de Rondônia, no próximo dia 9. Raimundinho representará a CUT dentro do CES, órgão que ele conhece bem, pois foi presidente durante vários anos +++ Muitas ligações pela crítica na coluna de ontem (15) de a exploração comercial de hotéis, na cobrança de estadias em Ariquemes, no período de realização da Expoari (23 a 31 deste mês). Além dos preços abusivos devido à demanda, a tabela é variável, de acordo com o dia, como se fosse um leilão de quem dá mais.

Fonte: Rondoniadinamica
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem