Ministério da Agricultura, Embrapa e Japão assinam acordo de tecnologia


Acordo visa ao desenvolvimento digital | Foto: Reprodução/Unsplash

Porto Velho, RO - A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério da Agricultura (Mapa) fecharam um acordo de cooperação com governo japonês. Segundo uma nota da pasta publicada na segunda-feira 9, o convênio foi celebrado por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão.

O projeto visa a promover o desenvolvimento de tecnologias agroindustriais sustentáveis. Por meio delas, o foco é melhorar a produtividade, a sustentabilidade ambiental e a rentabilidade do setor agrícola. O convênio envolve a colaboração público-privada entre os dois países. As primeiras atividades estão previstas para ocorrer no segundo semestre de 2022.

A iniciativa ainda pretende apoiar o estabelecimento de uma plataforma de dados digitais da agropecuária. O sistema vai disseminar tecnologias e informações, além de executar três projetos pilotos nas cadeias produtivas de pecuária de corte, grãos e sistemas agroflorestais.

Para o coordenador-geral de Inovação Aberta do Mapa, Daniel Trento, esse convênio tem sido muito esperado pelos dois países. O servidor também é um dos responsáveis técnicos pelo projeto.

“O Japão é um parceiro de longa data da agricultura brasileira, pois foi um dos principais parceiros nos projetos da década de 1970 que contribuíram para o desenvolvimento do agro brasileiro”, disse Trento. “Assim, o convênio visa a somar a experiência e a dimensão da agropecuária brasileira de um lado, com a experiência do Japão no tocante às tecnologias de ponta na área digital.”

Do Brasil para o Japão
Em 2021, o agro do Brasil exportou 4 milhões de toneladas para o mercado japonês. A maior parte desses envios partiu do setor de alimentos, de acordo com os dados do Mapa. Somadas, a cadeia produtiva da soja e as carnes foram responsáveis por mais da metade do total.

Fonte: Embrapa
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem