Cordilheira dos Andes e deserto de sal Expedição de motos com rondonienses percorre 4,7 mil km em quatro países

Viagem vai durar quase 15 dias e percorrerá os principais pontos turísticos da Bolívia, Peru e Argentina. Rondonienses também acompanham aventura; veja fotos.

Porto Velho, RO - Quase 5 mil quilômetros sobre duas rodas em duas semanas. Esse está sendo o desafio (e a diversão) de um grupo de brasileiros que foi explorar países da América do Sul em cima de 12 motos.

A viagem dos aventureiros começou no último dia 24 de março pelo estado do Acre e, antes de pilotar e encarar a famosa Estrada da Morte ( na Bolívia), eles tiveram o privilégio de voar de balão sobre a floresta Amazônica.

A rondoniense Carol Matos faz parte da expedição. Segundo ela, logo no segundo dia da viagem foi preciso adequação rápida do corpo para suportar a mudança brusca da temperatura e a 'pressão' dos 4.800 metros de altitude da Cordilheira dos Andes.

"A altitude dá uma sonolência, uma falta de ar, mas ocorreu tudo bem com os nossos pilotos. Mas particularmente, pra mim, foi um dia muito desafiador. Nós pegamos muita chuva e obras, além de muito barro. A moto que eu estou indo pesa mais de 200 quilos, então pra equilibrar ela no barro é preciso habilidade", afirma Carol, que na viagem também tem a companhia de outro rondoniense, o Rui Carmuça.

Ainda nos Andes, o grupo de motociclistas conheceu o lago Titicaca, onde nesta época do ano a temperatura mínima chega a 6°C.

Até o dia 6 de abril, os 'motoaventureiros' vão percorrer 4,7 mil quilômetros por quatro países:

Peru
Bolívia
Argentina
Brasil

No sétimo dia da expedição sobre duas rodas, o grupo de brasileiros chegou ao deserto Salar de Uyuni, na Bolívia. Além das 12 motos, três carros de apoio acompanharam os pilotos na travessia do maior deserto de sal do mundo.


Motoaventureiras em expedição por países da América do Sul — Foto: Arquivo pessoal

No roteiro da vigem foram incluídas paradas em Puerto Maldonado e Puno, no Peru, e na cidade de La Paz, na Bolívia.

Na Argentina, o mototurismo vai passar pelas cidades de La Quiaca, Salta, Terma de Rio Hondo e Resisência/Correntes. O grupo também participará do Grande Prêmio da Argentina de MotoGP.

A previsão é que a aventura sobre duas rodas termine na próxima semana em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Abaixo, veja mais fotos da expedição RedRider:


Motociclistas na Cordilheira, com altitude de 4,8 mil metros — Foto: Arquivo pessoal

Expedição de moto passando pelo Peru — Foto: Arquivo pessoal


Expedição percorre quatro países com 12 motos — Foto: Arquivo pessoal


Brasileiros em expedição de moto foram até o deserto de sal, na Bolívia — Foto: Arquivo pessoal


Rondoniense Carol Matos no deserto Salar, na Bolívia — Foto: Arquivo pessoal


Motoaventureiros em expedição pela América Latina — Foto: Arquivo pessoal


Expedição de motos percorre países na América Latina — Foto: Arquivo pessoal


Expedição RedRider leva motociclistas a explorarem América Latina — Foto: Arquivo pessoal


Voo com balão sobre a Amazônia, durante expedição de motos — Foto: Arquivo pessoal


Expedição Redrider saiu do Acre com destino aos países — Foto: Arquivo pessoal


Rondonienses Rui Camurça e Caro Matos (à direita) acompanham aventura — Foto: Arquivo pessoal


Fonte: G1/RO
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem