Governador do Tocantins renuncia ao cargo para fugir do impeachment

Carlesse já estava afastado pelo STF

Porto Velho, RO - A menos de três horas do segundo turno de votação do parecer de tramitação do impeachment, o governador afastado do Tocantins, Mauro Carlesse (União Brasil) acaba de protocolar na Assembleia Legislativa o seu pedido de renuncia ao cargo de governador do Estado.

O pedido foi protocolado pelo advogado do agora ex-governadoro, Juvenal Kleiber. Ontem, por unanimidade, os deputados haviam aprovado, em primeiro turno, o parecer pelo impeachment.

A renúncia acaba, por perda do objeto, com a comissão mista do Tribunal e Assembleia que seria formada a partir de segunda-feira. A renúncia ao cargo também torna efetivo o governandor Wanderlei Barbosa, extinguindo, por lógica, o afastamento determinado pelo STJ.

Da Redação

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem