Ferrugem da Soja: Indea lança mapa que mostra dispersão da doença em MT

Com a constatação da doença, são feitas análises que mostram o número de lesões por folha e o grau de severidade

Porto Velho, RO - O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), lançou um mapa que mostra a dispersão da ferrugem asiática, principal doença da soja, no maior estado produtor da cultura do país. A ferramenta é alimentada pelo próprio Indea, a partir de amostras coletadas pelos agentes fiscais do instituto, e está disponível no site.

Segundo nota do Indea, as análises fitossanitárias são feitas pelo Laboratório de Sanidade Vegetal. “As análises são realizadas por exame direto em estereomicroscópio, e os laudos com os diagnósticos fitossanitários indicam se foi constatada incidência da doença na amostra, o número de lesões por folha e o grau de severidade”, continua.



O primeiro foco de ferrugem asiática da safra 2021/2022 foi constatado pelo Indea em 11 de janeiro de 2022, mês que teve 55 coletas de amostras, com a constatação da doença em oito propriedades. Em fevereiro, foram realizadas 136 coletas de amostras, das quais 74 apresentaram a ocorrência. No mês de março, até a presente data, foram realizadas 93 coletas de amostras, das quais 73 tiveram incidência da doença, em diferentes graus de severidade.
No mapa, também é possível filtrar resultados de acordo com o município produtor de Mato Grosso e o estágio vegetativo da planta.

Fonte: Canal Rural
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem