Seguradoras atrasam liberação de áreas de soja e podem prejudicar segunda safra de milho

 Produtores pedem emissão de laudos atestando perdas causadas por estiagem na Região Sul

Porto Velho, RO - A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) tem recebido nas últimas semanas inúmeras reclamações de produtores da Região Sul, em especial do estado do Paraná, sobre lentidão das seguradoras em atender aos chamados para que os peritos emitam laudo de perdas das lavouras de soja em decorrência da estiagem.

A demora em liberar a área afetada, embora sejam notórios o evento climático e o prejuízo ao produtor, terá como consequência o atraso do plantio da segunda safra de milho, com perdas irreversíveis de produtividade, como observado na safra passada, inclusive de plantio fora do período definido no zoneamento.

Neste sentido, a Aprosoja Brasil solicita que os bancos e seus seguradoras promovam uma ação emergencial para que os laudos sejam emitidos e as área liberadas. Só assim a situação se normalizará. Entendemos que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento deve atuar na mediação da situação, buscando corrigir os atrasos das seguradoras.

Fonte: Aprosoja

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem