Perfil de candidatos é o pior inimigo da 3ª via




Porto Velho, RO - A cada nova pesquisa, é cada vez mais improvável o surgimento de um nome da “terceira via” que faça frente a Jair Bolsonaro e Lula em outubro.

O ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro estacionou nos 10% e outros, como o cearese Ciro Gomes (PDT), com 7%, perderam relevância até mesmo em relação aos próprios resultados de 2018.

Para especialistas em marketing político, a terceira via naufragou pelo próprio “perfil desagregador” dos atuais nomes que atuam nesse campo.

Mais divisão

Pré-candidatos fracassaram em agrupar eleitores insatisfeitos com o governo atual e quem não quer a volta do PT ao comando do Planalto.

Falta humildade


Para o publicitário Jeniel Kempers, o cenário político é de verdadeira fragmentação nessa terceira via, pela natureza de cada candidato.

Brigam entre si


Kempers afirma que não há articulação suficiente em torno de um nome plausível. “Hoje temos uma terceira via sem identidade”, disse.

Muito longe


Enquanto Bolsonaro tem cerca de 30% e Lula 40%, candidatos outrora muito falados, como Luiz Mandetta, já sumiram dos levantamentos.

Fonte: Por Cláudio Humberto
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem