Governo russo aguarda “com impaciência” a visita de Jair Bolsonaro a Moscou



O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em 2019| Foto: EFE

Porto Velho, RO
- O porta-voz da presidência da Rússia, Dmitry Peskov, se manifestou nesta segunda-feira sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro ao país, que acontecerá daqui dois dias.

"Esperamos essa visita com impaciência", garantiu em entrevista coletiva o representante do governo liderado por Vladimir Putin.

Peskov explicou que, na reunião entre os dois presidentes na próxima quarta-feira serão abordadas as relações bilaterais", já que existe uma "agenda bastante ampla".

"Também se falará de esferas potenciais em seu pode ser aprofundada e ampliada a interação", afirmou o porta-voz.

De acordo com Peskov, o diálogo russo-brasileiro será uma "boa oportunidade para trocar opiniões sobre os temas mais candentes da agenda mundial, incluindo aqueles de que falamos faz bastante tempo", disse, em referência à situação da Ucrânia.

Putin e Bolsonaro, segundo o porta-voz, concederão uma entrevista coletiva conjunta logo depois da reunião que terão.

Neste sábado, Bolsonaro confirmou nas redes sociais a viagem à Moscou, com comitiva de ministros, para abordar assuntos como "energia, defesa e agricultura".

O presidente, que vem ouvido pedidos de vários analistas e diplomatas para suspender a visita por causa das tensões na fronteira com a Ucrânia, reforçou a importância da viagem e pediu "que reine a paz no mundo para o bem de todos nós",

Moscou insiste que não deseja uma guerra com o país vizinho e que não ameaça o território ucraniano, enquanto os Estados Unidos alertam que Moscou pode atacar "a qualquer momento".


Fonte: Por Gazeta do Povo com infirmações da Agência EFE
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem