Bolsonaro indica desembargador do TRT-SP para integrar o TST


O desembargador Sérgio Pinto Martins, do TRT-2, de São Paulo, vai ocupar vaga de ministro do TST.

Porto Velho, RO - O presidente da República, Jair Bolsonaro enviou mensagem ao Senado Federal indicando o nome do desembargador Sérgio Pinto Martins, do Tribunal Regional do Trabalho da 2 região (TRT), com sede em São Paulo, para exercer o cargo de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) na vaga aberta com a aposentadoria do ministro Alberto Bresciani.

O desembargador Sérgio Pinto Martins tomou posse como juiz substituto no TRT da 2ª Região em 1990 e, em 1994, foi promovido, por merecimento, ao cargo de juiz titular. Em 2007, foi promovido, também por merecimento, ao cargo de desembargador do TRT da 2ª Região, onde dirigiu a Escola Judicial e, desde outubro de 2020, exerce o cargo de corregedor.

Sergio Pinto Martins possui graduação em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1985), graduação em Ciências Contábeis pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (1984), graduação em Administração pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1988), mestrado em Direito pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo (1996).

Atualmente é membro do Conselho Editorial da Revista IOB Trabalhista e Previdenciária e professor titular da Universidade de São Paulo.

Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito do Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: direito do trabalho, processo do trabalho, reforma previdenciária, previdência social e seguridade social. (Direito Global)


Fonte: Por Irineu Tamanini
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem