Área de tecnologia social lidera em inscrições ao Programa Centelha que vai transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso


Programa já cadastrou 111 pessoas, apresentando 61 ideias inovadoras iniciadas, e 14 submetidas

Porto Velho, RO
- Graças ao Programa Centelha, empreendedores com empresas que totalizem rendimento anual de R$ 4,8 milhões são estimuladas a crescer. Ciência e Inovação abriram mais ainda as portas a Rondônia. Empresas que tiverem até 12 meses de existência anteriores à data de publicação do edital Centelha Rondônia podem ser contempladas.

Além disso, o Centelha abre espaço para participação de todos os cidadãos rondonienses, pessoas físicas, que não têm empresas formalizadas ou de Microempreendedor Individual (MEI), para inscrever suas ideias. As inscrições para o programa estão abertas até o dia 18 de fevereiro de 2022.

É hora de se inscrever, reforça a direção da Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas (Fapero). Até a última quarta-feira (9), o programa já havia cadastrado 111 pessoas apresentando 61 ideias inovadoras iniciadas, e 14 submetidas. A maioria (42,9%) é da área de tecnologia social.


Percentual das escolhas dos inscritos, até o momento

A Fapero espera maior adesão dos interessados até o próximo dia 18, prazo final das inscrições, anuncia o presidente, Paulo Haddad.

Existe apoio financeiro de até R$ 53 mil, além da concessão de bolsa no valor de R$ 26 mil para cada projeto; algo inédito desde o início das atividades da Fapero, dez anos atrás.

A Fundação lançou a seguinte recomendação: “Ainda não submeteu sua ideia inovadora para o Programa Centelha Rondônia? Corra que dá tempo! “

Outras áreas procuradas entre os inscritos: design (14,3%), Tecnologia da Informação (TI) e Telecom (14,3%), Blockchain (7,1%), Manufatura avançada e Robótica (7,1%), Segurança, Privacidade e Dados (7,1%) e Eletroeletônica (7,1%).

O Programa Centelha, do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), propõe a criação de novas empresas de base tecnológica; a geração de inovações que sejam de interesses sociais e empresariais; e a formação da cultura do empreendedorismo inovador, a fim de fortalecer os ecossistemas de inovação do País e também do estado de Rondônia.

Com isso, vem buscando ideias com grande potencial de se tornarem um negócio de sucesso e que desenvolvam produtos, processos ou serviços inovadores, que contribuam para o desenvolvimento da economia nacional e regional.

De acordo com o presidente da Fapero, Paulo Haddad, os projetos contemplados terão a oportunidade de receber o primeiro impulso para gerar um negócio de sucesso. Ele enumera:
Até R$ 53.636,00 em subvenção econômica;
Bolsas de apoio técnico para você e sua equipe;
Capacitações e
Networking com parceiros e suporte para alavancar o negócio

“Trabalhamos com a expectativa de 200 inscrições e ideias até o dia 18”, disse a coordenadora do Programa Centelha no Estado, Cleópatra Caldeira.



Origem das ideias submetidas ao Programa Centelha

Ela lembrou as áreas contempladas:

Administração Pública
Aeroespacial
Agronegócio
Automotivo
Bens de Capital
Borracha e Plástico; Cerâmica
Comércio e Varejo
Construção Civil
Construção Naval
Economia Criativa
Economia do Turismo
Gastronomia, Eventos e Lazer
Educação; Elétrico e Eletrônico
Energia
Fabricação de Alimentos e Bebidas
Farmoquímico e Farmacêutico
Financeiro; Jurídico
Madeira e Móveis
Marketing e Mídias
Meio Ambiente e Bioeconomia
Mercado Imobiliário
Metal-Mecânico e Metalurgia
Mineração
Papel e Celulose
Pesca e Aquicultura
Petróleo e Gás
Químico
Saúde e Bem Estar
Segurança e Defesa; Social
Tecnologia da Informação e Telecomunicações
Têxtil, Confecção e Calçados
Transporte, Logística, Mobilidade

Confira o edital no site https://programacentelha.com.br/ro


Fonte: SECOM
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem