Ônibus furtado em Vilhena é interceptado em Cerejeiras após longa perseguição e tiros nos pneus


 

Porto Velho, RO - Um ônibus que havia sido furtado em Vilhena foi interceptado pela Polícia Militar de Cerejeiras na noite de domingo (12), após passar pela cidade. Houve perseguição e os militares precisaram atirar nos pneus do veículo para fazer o motorista obedecer as ordens de parada. O coletivo de passageiros, ano 2007, foi retirado da área externa da garagem da Bueno Tur, que atua no transporte escolar e cujo pátio fica no bairro Parque Industrial São Paulo, em Vilhena.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado em Cerejeiras, por volta das 23:30h de ontem, os policiais daquela cidade tomaram conhecimento, num grupo que reúne militares do 3º Batalhão, de que o veículo furtado iria passar por aquela cidade, sendo levado para Corumbiara.

Na entrada da cidade, uma equipe percebeu a chegada do ônibus e, com sirene e sinais luminosos da viatura ligados, deu ordem para que o motorista fosse para o acostamento. O condutor, no entanto, não obedeceu, e seguiu em alta velocidade pela Avenida das Nações, que na verdade é o trecho urbano da BR 435.

Durante a perseguição, o motorista tentava jogar o ônibus sobre a viatura. Os policiais tiveram o cuidado de não tentar ultrapassar o coletivo, devido ao risco de atropelamento, já que a via pública é bastante movimentada nos finais de semana, com carros e pedestres circulando.

A perseguição ao ônibus prosseguiu por mais de 20 km e uma equipe da PM de Corumbiara, ao ser acionada, montou uma barreira na RO 370, mas o motorista em fuga conseguiu furar o bloqueio.

Vendo o suspeito mexer no painel, e sem saber se ele estava com uma arma a bordo, os policiais de Cerejeiras atiraram nos pneus do ônibus e acertaram dois deles.

Mesmo sem poder mais prosseguir, o motorista de 27 anos se negou a acatar a determinação dos policiais para sair do veículo com as mãos para cima. Na Linha 01, 3ª Eixo, onde foi abordado, o suspeito tentou pegar uma mala de viagem, mas foi dominado pelos PMs que haviam cercado o ônibus.

Dizendo coisas sem sentido, o motorista disse que o ônibus era de desmanche e que o levaria para a Secretaria de Obras de Corumbiara, de onde voltaria com um micro-ônibus. O rapaz também confessou que havia consumido drogas antes de sair de Vilhena dirigindo o veículo furtado.

Após ser preso, o suspeito foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil de Cerejeiras.


Fonte:Folha do Sul On line, 13-12-2021

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem