Expedito anuncia decisão na próxima semana, mas já avisa que poderá fazer campanha sem alianças para Governo


Porto Velho, RO - O ex-senador Expedito Júnior (PSD) explicou na última sexta-feira (22) que continua avaliando o cenário político e que deve se pronunciar sobre uma eventual candidatura ao Senado na próxima semana. “Se vier ao Senado, vou em carreira solo”, disse Expedito, descartando qualquer aliança com outros partidos para concorrer neste pleito eleitoral. Desde o anúncio da saída de Vinícius Miguel (PSB) da pré-candidatura ao Governo pela Frente Democrática e, posterior assunção do nome do ex-governador Daniel Pereira (Solidariedade), o nome de Expedito foi ventilado pelas esquerdas, inclusive em nota oficial do Partido dos Trabalhadores (PT), que estendeu o convite ao ex-senador, mas desde que ele anunciasse o voto no ex-presidente Lula.

Expedito agradeceu por seu nome ter sido lembrado na discussão, mas prefere disputar sozinho o Senado sem palanque de Governo. “Mas a decisão não está tomada. Farei isso na próxima semana”, explicou o ex-senador, apontando como um dos líderes para o Senado em todas as pesquisas de consumo interno dos partidos.

Em relação a uma aliança com o governadorável Léo Moraes, Expedito disse que está fora das discussões e quem está conduzindo é o deputado federal Expedito Netto, dirigente regional do PSD.

Fonte: Rondoniagora
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem