Nome de Lula aparece outra vez vinculado ao PCC


Marcos Valério, principal operador do Mensalão relatou envolvimento de Lula, seu governo e o PT com o PCC para financiamento ilegal

Porto Velho, RO
- Depois do ex-contador João Muniz Leite, foi a vez de Marcos Valério, principal operador do Mensalão a relatar o envolvimento de Lula, seu governo e o PT com o PCC para financiamento ilegal do partido e de seus políticos. Na delação premiada homologada pelo STF, Valério revelou que o governo Lula também era chantageado pelo empresário Ronan Maria Pinto para não abrir o bico sobre as relações criminosas.

Tutti buona gente

O dinheiro de Ronan Maria Pinto, diz Valério, vinha de empresas de ônibus, transporte pirata, bingos, que atuavam para lavar o dinheiro.

De quem sabe


As informações sobre o financiamento ilegal, segundo Valério, vieram de quem teria conhecimento profundo: o tesoureiro do PT Silvio Pereira.

Pedra no sapato

Valério também citou a existência de dossiê sobre o esquema, criado pelo prefeito Celso Daniel, misteriosamente assassinado em 2002.

Dúvida persiste


“Ninguém achou esse dossiê mais”, disse Valério ao sugerir que a morte do ex-prefeito de Santo André pode ter sido queima de arquivo.

Fonte: Por Cláudio Humberto
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem