Governo paga primeira parcela do 13º salário nesta sexta-feira em Rondônia



Porto Velho, RO - Os servidores do Estado de Rondônia recebem nesta sexta-feira (15) a primeira parcela do décimo terceiro salário. Conforme dados, 58.996 servidores receberão o adiantamento entre ativos, inativos e pensionistas. Ao todo será injetado na economia do Estado o total de R$161.057.800,59 (cento e sessenta e um milhões cinquenta e sete mil e oitocentos reais e cinquenta e nove centavos) referente à antecipação de 50% do valor. O adiantamento vai movimentar a economia e o comércio local.

É o pagamento da maior parcela, uma vez que será pago o equivalente a 50% do benefício sem qualquer abatimento relativo a tributos ou previdência que, por sua vez, serão debitados apenas no pagamento da segunda parcela, em dezembro.

De acordo com o superintendente Estadual de Gestão de Pessoas – Segep, Sílvio Luiz Rodrigues, o pagamento da primeira parcela no mês de julho, aumenta a segurança e confiança do servidor para planejar, realizar e usufruir com mais tranquilidade. “Com o adiantamento o servidor passa a ter mais confiança, solidez, já que pode planejar, inclusive férias no período de recesso escolar e usufruir com mais tranquilidade. O décimo terceiro nesse momento no meio do ano constitui um ganho ao servidor que permite, neste período, fazer algo do interesse e contar com esse dinheiro”, esclarece Rodrigues.

O pagamento de parte do décimo terceiro é um incentivo a circulação de dinheiro e com isso a movimentação econômica de vários setores como turismo e comércio que são beneficiados diretamente. O secretário de Estado de Finanças, Luís Fernando Pereira, reforça que essa injeção de R$ 161 milhões na economia do Estado é especialmente importante nesse momento de retomada do crescimento econômico, “uma vez que o perfil de consumo do servidor público estadual permite inferir que esses valores serão majoritariamente despendidos no comércio local, contribuindo para aumentar a confiança dos empreendedores na expansão das vendas, fundamental para a continuidade dos investimentos privados e para a geração de emprego”.

Assessoria
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem