Governador Marcos Rocha afirma que Rondônia não terá prejuízo com a redução dos Impostos do ICMS

O governador disse que a redução fará com que mais pessoas façam aquisições desses produtos e consequentemente haverá mais lucro para Rondônia.

Porto Velho, RO
- No início da noite de quinta-feira (07) o Governador do Estado de Rondônia, Coronel Marcos Rocha, foi o entrevistado do PodCast, NewsPODH, com as apresentações dos advogados, Rodrigo Santos e Matheus Prudente.

O PodCast iniciou abordando sobre a nova variante ômicron que tem feito crescer os casos de Covid-19 no Estado de Rondônia nos últimos dois meses, na qual, o governador afirmou que o vírus não vai morrer, porém, o coronavírus vai se enfraquecendo e a população vai sobrevivendo com a vacina, que por sinal, tem ajudado demais o país.

Marcos Rocha disse que no fim de 2019 começou a se preocupar com o coronavírus, que naquele tempo nem tinha chegado no Brasil. Diante disso, o governador pediu para comprar seringas e respiradores antes de chegar a doença no estado, porque previa que o vírus iria chegar em Rondônia e que iria faltar esses produtos caso não comprasse com antecedência. O governo fez uma aquisição de mais de 1 milhão de seringas e outros produtos para combater a proliferação da doença.

Questionado sobre a educação a nível estadual e nacional, o governador afirmou que já esteve nessa área de lecionar e que os professores precisam de valorização, ou seja, serem melhores remunerados, para que assim possam ir trabalhar de forma mais motivada, com mais alegria e consequentemente melhore a educação no estado.

Diante dessa questão, Marcos Rocha, conseguiu quitar todas as dívidas com os servidores da educação, e atualmente o governo tem feito os pagamentos para os professores em dia, mesmo com a pandemia da Covid-19.

Perguntado sobre o ICMS, o governador disse que tentou zerar o imposto do gás de cozinha em 2021, porém, é preciso realizar esses projetos de forma correta, para não sofrer com a lei de irresponsabilidade entre outras sanções que poderiam ocorrer caso realizasse tal redução. Diante disso, o governador realizou um estudo e entrou em contato com Presidente, Bolsonaro, para encontrar um meio para reduzir os impostos.

Após análise, o governo do estado de Rondônia conseguiu reduzir o imposto do ICMS e o governador disse que essa redução é muito boa para o estado, que por sinal, não terá um prejuízo, em vista, que Marcos Rocha acredita que os preços baixos desses produtos fazem ter mais aquisição da população e consequentemente mais venda e lucro para Rondônia.

Fonte: Por NewsRondônia
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem