ENTREVISTA Crédito rural será o grande desafio do próximo governo, avalia executivo da CNA




Nilson Leitão, da CNA, foi entrevistado pelo Canal Rural | Foto: Reprodução





Porto Velho, RO - O chefe da assessoria de relações institucionais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Nilson Leitão, foi o entrevistado da vez da série especial do Canal Rural sobre as eleições 2022 e a relação do pleito com o agronegócio. De acordo com o executivo, um desafio já surge como o principal a ser enfrentado pelo próximo governo federal: a concessão de crédito rural para produtores espalhados país afora.Decreto libera importação e exportação de lítio sem autorização prévia

“O crédito rural é o grande desafio que o Brasil tem aí pela frente, exatamente porque é só isso que vai poder fazer aumentar a riqueza no campo e melhorar a vida dos brasileiros”, afirmou o representante da CNA. Para Leitão, quem for eleito para comandar o Executivo federal deverá repensar a forma de financiamentos, principalmente na esfera do agronegócio. Nesse sentido, ele chamou a atenção para as altas taxas de juros.

“Não é possível praticar agricultura tendo juros acima de 15%” — Nilson Leitão


“Precisamos buscar muitos mecanismos. Enquanto o Brasil está praticando, nesse instante, juros que chegam até a 16%, a taxa Selic já está em dois dígitos, o que é muito ruim, o mundo pratica juros de 1%, 2%, no máximo 2,5%”, pontuou Leitão. “O Brasil tem que trazer esses recursos internacionais para investimento no agro”, prosseguiu, antes de complementar a questão: “não é possível praticar agricultura, produzir alimentos para ser competitivo com o mundo, tendo juros acima de 15%.”

Outros desafios citados por Nilson Leitão

Na entrevista, que foi ao ar na edição desta quinta-feira (7) do telejornal ‘Mercado & Companhia’, Nilson Leitão também falou sobre mercado de carbono, produção sustentável e a urgência do destravamento de pautas no Congresso Nacional que vão dar mais eficiência para o setor agropecuário.

Fonte: Por Canal Rural
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem