Cassol ainda tem chances de concorrer ao governo, Escola do Legislativo na Expoari com Oficinas e palestras, Frente Democrática recebe PDT e pode perder Psol e Rede



Cassol – Um dos assuntos de maior destaque na política regional é a possibilidade de o ex-governador Ivo Cassol, do PP, estar elegível e pode concorrer a cargo eletivo nas eleições gerais de outubro próximo. O ex-governador depende de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que deverá ocorrer no próximo dia 3, para saber se realmente estará em condições legais de entrar na disputa. O PP, partido presidido no Estado pela irmã de Cassol, Jaqueline, ainda, não definiu o dia das convenções, mas o prazo final é 5 de agosto. Provavelmente o PP esteja esperando a decisão do STF, para saber se poderá contar com Ivo Cassol como candidato, ou não. Mas que existe enorme expectativa junto aos políticos, não há como ignorar.


Expoari – As atenções da semana estão voltadas para a Expoari, que está sendo realizada em Ariquemes desde sábado (23) com rodeios, shows artísticos, cursos relacionados ao segmento do agronegócio. Luan Santana abriu os shows no sábado e já ocorreram a cavalgada e a queima do alho, tradicionais em exposições do gênero com um fluxo muito grande de pessoas no sábado e domingo, O evento tem rodeio, sorteio de carros e vitrine tecnológica. Luan Santana se apresentou dia 23, Matogrosso e Mathias se apresentam na terça-feira (26), Gusttavo Lima, dia 28; Trio Parada Dura no dia 30 e Eduardo Costa, dia 31, no encerramento da 37ª Expoari. A Escola do Legislativo está com estande de Oficinas (Libras e Fotografia) e Palestras direcionadas ao produtor rural e à comunidade em geral. Hoje (25) foi ministrada Oficina de Fotografia pela manhã e à tarde, a de Libras, ambas com casa lotada.


Marinha – Uma pesquisa espontânea realizada pela Phoenix, do empresário do ramo, Juvenil Coelho demonstra que a ex-deputada federal Marinha Raupp, que foi hóspede da Câmara Federal em seis mandatos seguidos, mesmo não sendo candidata a nenhum cargo eletivo, ainda, é lembrada por boa parte da população de Rondônia. Na sondagem realizada pela Phoenix em todo o Estado, Marinha, dentre os 15 mais bem votados está na sexta colocação. Sem dúvida uma posição honrosa para quem está afastada da política desde as eleições gerais de 2018, quando tentou o sétimo mandato, recebeu pouco mais de 18 mil votos e está afastada da política partidária desde aquela época. Mesmo anunciando publicamente, que não concorrerá a nenhum cargo eletivo este ano demonstra prestígio e ter deixado um bom legado político.


Frente – A consolidação da Frente Democrática (PT, PSB, PCdoB, Solidariedade e PV), que já teve o Psol e Rede está difícil. Numa primeira formação, o Psol e Rede estavam na FD, mas com a possibilidade de o advogado e professor universitário, Vinícius Miguel, do PSB, ser indicado como pré-candidato ao governo deixaram o grupo. Depois de muita conversa optaram pela volta, porque Vinícius foi deslocado como pré-candidato a deputado federal e Daniel Pereira, do Solidariedade, cotado como pré-candidato ao Senado, continua pré, mas a governador. Pimenta de Rondônia, do Psol, que era 1º suplente de Daniel acreditou, que seria guindado a pré-candidato ao Senado. Com a chegada do PDT do senador Acir Gurgacz a FD, Benedito Alves, ex-conselheiro do Tribunal de Contas (TC) do Estado passou a ocupar a vaga, que antes era de Daniel. Isso desagradou a Pimenta e o pessoal da Rede, que devem deixar o grupo. Novamente.


Convenção – Os partidos União Brasil e PRB (Republicanos) realizaram convenção conjunta no domingo (24), em Porto Velho, na Talismã 21. Na ocasião ficaram efetivados os nomes de o governador Marcos Rocha, que busca a reeleição; da deputada federal Mariana Carvalho, ao Senado, além de nomes para os cargos proporcionais (deputados federais e estaduais), que serão levados para a Justiça Eleitoral, para registro, ou não. Não foram definidos os nomes do candidato a vice e os 1º e 2º suplentes ao Senado. A parceria entre União Brasil e Republicanos ficou firmada, na ocasião, pelos presidentes dos diretórios regionais, Marcos Rocha e o deputado Alex Redano, que também preside a Assembleia Legislativa (Ale), que comandaram a convenção.


Respigo
Ontem (24) perdemos um grande amigo e excelente companheiro de trabalho, Ildefonso Valentin, na época do “Diário da Amazônia” (1993/99). Ildefonso editava com muita competência o noticiário relacionado ao esporte amador +++ Que Deus o tenha. Nossos profundos sentimentos à esposa Marinalva e demais membros da Família +++ O PTB de Rondônia realizou convenção no sábado (22) em Porto Velho e definiu somente os nomes para os cargos proporcionais (deputado estadual e federal). Ainda há possibilidade de o PTB indicar o vice do governador Marcos Rocha, do União Brasil, que é pré-candidato à reeleição +++ Se há um time que surpreende no Brasileirão de futebol esse é o Corinthians. Entrou desacreditado, com um grupo reduzido e nem muito qualificado, mas está como segundo colocado no campeonato +++ O primeiro é o Palmeiras, com 4 pontos de diferença do Corinthians, (39 a 35 pontos) e o campeão do 1º Turno. O verdão é um time que tem um excelente plantel, mas um treinador chato (Abel Ferreira), que reclama de tudo, e só não é mais que o cri-cri (grilo que não para de cantar), o Mano Menezes, hoje no Internacional, que dá azia em Sonrisal.


Por Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem