MERCADO INTERNACIONAL Carne bovina: exportação em maio supera US$ 1 bi, 50% a mais que em maio de 2021

Volume exportado de carne caiu em relação aos dois meses anteriores, mas ainda à recorde. Foto: CNA

Porto Velho, RO
- A receita obtida com as exportações de carne bovina brasileira alcançou em maio a cifra de US$ 1,093 bilhão. O resultado é 50% superior ao registrado no mesmo mês em 2021, de acordo com Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo).

Mesmo desacelerando em relação ao pico de março, quando superou 203 mil toneladas, e de abril, com 186 mil toneladas, o volume total de carne bovina (envolvendo o produto processado e in natura) foi recorde em maio, com movimentação de 181.193 toneladas. Esse resultado significou um crescimento de 20% sobre as vendas ao exterior de maio de 2021, quando foram embarcadas 150.711 toneladas.Carne suína: exportações alcançam 89,3 mil toneladas em maio, queda de 12,4%

Exportações de carne no acumulado do ano

Segundo a Abrafrigo, o desempenho no mês manteve os bons números no acumulado do ano. Nos cinco primeiros meses de 2021, as exportações somaram 714.362 toneladas. No mesmo período de 2022, foram de 913.618 toneladas, aumento de 28%. A receita, por sua vez, foi de US$ 3,247 bilhões para US$ 5,1 bilhões, elevação de 57%.

A entidade informa que, neste ano, além da boa performance da China nas aquisições, o Brasil está contando com a elevação das compras de outros mercados.
Importações de carne de maio/2021 para maio/2022 (toneladas):

China: de 318.938 t para 440.894 t (+48,3%);

Estados Unidos: de 33.700 t para 90.738 t (+169%);

Egito: de 17.596 t para 66.813 t (+342%).

Com a elevação das aquisições de carne brasileira neste ano, a China mais do que compensou a redução das importações pela cidade-estado de Hong Kong, que caíram 55%, passando de 99.200 toneladas em 2021 para 44.599 toneladas em 2022.

No total, 109 países elevaram suas importações nos cinco primeiros meses do ano, enquanto que outros 38 reduziram sua movimentação, informa a Abrafrigo.

Fonte: Por Canal Rural
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem