EM ESTADO TERMINAL: Vereadores se calam sobre a vergonha e a precariedade da rodoviária de Porto Velho

 


Porto Velho, RO - A rodoviária de Porto Velho não tem as mínimas condições de atender a demanda de passageiros, que utiliza o local. A plataforma de embarque e desembarque é precária, as instalações inadequadas e fora da realidade de uma capital, os guichês de vendas de passagens obsoletos e o local é perigoso devido à presença permanente de drogados e desocupados. 

Desde a década de 90, que nossas “otoridades” políticas garantem, em períodos eleitorais, que construirão um novo terminal, pois o atual não atende as necessidades. Já foram apresentados projetos pela prefeitura, governo do Estado, mas nada saiu do papel. Será que o prefeito Hildon Chaves (PSDB), reeleito em 2020 deixará a prefeitura em 2024 e não construirá a nova rodoviária, como prometeu?

O que intriga é os 21 vereadores, que compõem o legislativo municipal não cobrarem da municipalidade a construção do novo Terminal Rodoviário, que já teve, recentemente, até maquete sendo divulgada pela mídia local. Preocupado pela situação, o deputado estadual Anderson Pereira (PRB-PVH) encaminhou cópia de requerimento entregue na Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania-Sesdec, ao governo municipal, solicitando a intensificação do policiamento no entorno da rodoviária, devido aos constantes furtos e roubos, uma função dos vereadores, que deveriam estar mais atentos aos problemas graves, como a insegurança e a precariedade do local.

Por: Waldir Costa/Rondoniagora

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem