DESCARTÁVEL: PT diz não a Boulos e ao PSOL na vice de Haddad em SP e busca nome mais ao centro

Eles afirmam que a sigla restringiria o alcance da chapa, que precisará conquistar uma parcela mais conservadora do eleitorado se quiser vencer.
Petistas dizem que radicalismo do PSol atrapalha nas negociações e na busca pelo voto

Porto Velho, RO - As principais lideranças do PT em São Paulo dizem que não há chance de que o PSOL ocupe a vaga de vice de Fernando Haddad na disputa pelo governo do estado. Eles afirmam que a sigla restringiria o alcance da chapa, que precisará conquistar uma parcela mais conservadora do eleitorado se quiser vencer.

O PSOL tem defendido seu presidente, Juliano Medeiros, como um possível nome para a vice ou para o Senado, mas a escolha ainda precisa ser referendada internamente. O partido retirou Guilherme Boulos da disputa e o lançou a deputado federal, abrindo espaço para Haddad. Por isso, reivindica uma posição de destaque na chapa.

"Tem que facilitar a vida do cidadão que vai assimilar o seu pedido. Esse eleitor pensa: 'já estou engolindo o PT e agora vem o PSOL junto?' Precisa achar alguém deglutível para o eleitor", afirma Luiz Marinho, presidente do PT-SP. A posição é repetida por outras lideranças petistas em caráter reservado.

Nomes como Jonas Donizette (PSB), ex-prefeito de Campinas, e Rodrigo Agostinho (PSB), ex-prefeito de Bauru, têm sido colocados como possibilidades. Trata-se de movimento similar ao realizado pela candidatura federal do PT, que encontrou o ex-tucano Geraldo Alckmin (PSB) para a vice de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Descartado pelos petistas para a vice, Medeiros também não é visto como a melhor escolha para o Senado, que deveria ficar preferencialmente com Márcio França (PSB).

Caso não haja acerto com o ex-governador, os petistas dizem que os partidos da coligação (que também inclui Rede, PV e PCdoB) debaterão o melhor nome. Se a definição for mesmo por alguém do PSOL, eles defendem que a escolhida seja uma mulher negra.

Fonte: Notíciasaominuto
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem