Como foi o encontro de Bolsonaro e Biden na Cúpula das Américas


Bolsonaro e Joe Biden conversaram reservadamente por cerca de 30 minutos | Foto: Divulgação

Porto Velho, RO - O presidente Jair Bolsonaro (PL) se encontrou na quinta-feira 9 com Joe Biden, dos Estados Unidos, durante a reunião bilateral na Cúpula das Américas, em Los Angeles. Ambos conversaram sobre diferentes temas das agendas econômica, ambiental e a respeito do fortalecimento da democracia na América Latina.

Na conversa, o chefe do Executivo brasileiro disse que sente a soberania do Brasil ameaçada na Amazônia e que o país sabe preservar a floresta.

“Muitas vezes nos sentimos ameaçados em nossa soberania nessa região, mas o fato é que o Brasil preserva muito bem o seu território. Mais de 85% da Amazônia brasileira é preservada. Nossa legislação ambiental é muito estrita”, afirmou no trecho do encontro aberto à imprensa.
-Publicidade-

O meio ambiente é um tema de interesse do governo Biden e a menção a ele estava prevista por representantes dos dois lados do encontro.

Bolsonaro disse ainda que o Brasil “alimenta 1 bilhão de pessoas no mundo com agricultura de alto nível” e que a Amazônia tem “riquezas incalculáveis e biodiversidade, riquezas minerais e água potável”. Também declarou que o país pode se tornar o maior exportador de energia limpa do mundo.

As eleições de 2022 também foram comentadas pelo presidente brasileiro.

“Queremos eleições livres, confiáveis e auditáveis para que não sobre nenhuma dúvida após o pleito. E tenho certeza de que será realizado nesse espírito democrático. Cheguei pela democracia e tenho certeza de que quando deixar o governo também será de forma democrática.”
Bolsonaro se disse “maravilhado” depois de encontro

Após a reunião reservada com Biden, que durou cerca de 30 minutos, Bolsonaro se disse “maravilhado” com o presidente norte-americano e disse que “com toda a certeza” novos encontros ocorrerão.

“Foi excepcional, estou muito feliz. Posso dizer que estou maravilhado com ele. Não estou errando em falar dessa maneira. Ficamos quase meia hora conversando reservadamente”, disse o presidente à CNN.

Bolsonaro disse que Biden “concorda” com o governo brasileiro no que diz respeito à Amazônia, destacando o papel do Brasil na preservação ambiental.

“Falamos abertamente sobre Amazônia, depois reservadamente, ele concorda conosco. Ela é muito grande. O Brasil é um exemplo para a preservação ambiental do mundo todo. Temos pela frente a questão de energia limpa, como a eólica.”
Fonte: Revista Oeste
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem