INVERSÃO DE VALORES - Moro acha ‘risível’ ação de petistas sobre ‘prejuízos’ à Petrobras

Ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro - Foto: Marcos Corrêa.

Ação quer atribuir prejuízos a quem combateu o roubo e não aos ladrões

Porto Velho, RO - O ex-juiz Sergio Moro chamou de “risível” a ação popular movida por um grupo de ativistas do PT que pretende responsabilizá-lo por “prejuízos à Petrobras”, no período em que atuou como titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, durante a Operação Lava Jato.

“A ação popular proposta por membros do PT contra mim é risível”, disse ele em nota, ressaltando que se defenderá tão logo seja citado.

“A decisão do juiz de citar-me não envolve qualquer juízo de valor sobre a ação”, esclarece o ex-magistrado, que também foi ministro da Justiça.

“Todo mundo sabe que o que prejudica a economia é a corrupção e não o combate a ela”, afirmou.

“A inversão de valores é completa: em 2022, o PT quer, como disse Geraldo Alckmin, não só voltar a cena do crime, mas também culpar aqueles que se opuseram aos esquemas de corrupção da era petista.”

Fonte: DP Redação
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem