Dupla que matou haitiano será julgada em Rondônia por homicídio qualificado

A vítima foi morta quando trabalhava na feira livre e não teve qualquer reação

Porto Velho, RO - Porto Velho, RO – O Juízo da 1ª. Vara do Júri de Porto Velho marcou para o dia 6 de junho próximo, o julgamento dos dois acusados de assassinar o haitiano G. P., de 37 anos, ocorrido em fevereiro do ano passado, na feira-livre do bairro Nova Porto Velho.

A. S. N., 21 anos, e W. P. dos S., de 19, encontram-se presos desde o dia do crime e vão responder pelo crime de homicídio qualificado.

Segundo a denúncia do Ministério Público (MP/RO), A. foi o autor dos disparos e W. foi quem deu cobertura ao comparsa, seja pilotando a motocicleta em que estavam, seja na busca pela arma do crime.

O motivo do crime foi uma discussão que A. teve com a vítima uma semana antes. O haitiano assassinado teria lhe agredido com um tapa no rosto. A vítima foi morta quando trabalhava na feira livre e não teve qualquer reação.

A motocicleta utilizada na empreitada fora roubada dia antes somente para a prática criminosa, segundo os réus. O crime foi testemunhado por várias pessoas que estavam na feira.

A vítima vendia RondoCap e os bandidos já chegaram destruindo a pequena barraca do haitiano e o executando ali mesmo. A. conhecia a vítima da própria feira, onde trabalhava como flanelinha.

Conforme o registro de ocorrência, uma equipe da Polícia Militar (PM/RO) fazia buscas na zona Sul, quando se deparou com um militar detendo os dois suspeitos no bairro Castanheira

Durante a abordagem, foi encontrada um rifle sem coronha com uma munição calibre 28, deflagrada na cintura do flanelinha.

Fonte: Rondoniadinamica

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem