Campanha contra abuso e exploração sexual infantil é intensificada em Porto Velho

Dia ‘D’ será na próxima quarta-feira (18), na Praça CEU

Ações buscam chamar a atenção sobre o combate ao abuso sexual infantil

Porto Velho, RO - Diversas atividades são realizadas em Porto Velho alusivas à Campanha Maio Laranja. As ações chamam atenção do público para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-juvenil em todo Brasil, que acontece anualmente no dia 18 de maio.

Na capital, a campanha é intitulada “Faça Bonito Porto Velho, Proteja Nossas Crianças e Adolescentes”. Os eventos são organizados e coordenados pelo Departamento de Proteção Social Especial, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf).

“Trata-se de uma mobilização nacional, que chama atenção para a violência e abuso sexual infantil, visando a conscientização da sociedade como um todo para que possamos proteger nossas crianças”, destacou Sefra Maria Barros, gerente do Departamento de Proteção Social Especial, da Semasf.

Nesse sentido, panfletos explicativos estão sendo distribuídos em vários pontos da cidade. Na segunda-feira (16), foram realizados pit stops nos cruzamentos das avenidas Campos Sales com Jatuarana, nas avenidas Prefeito Chiquilito Erse com Pinheiro Machado e na avenida Mamoré com Amazonas.

O trabalho teve a parceria do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Secretaria Municipal de Educação (Semed), conselheiros tutelares e Centros de Referência de Assistência Social (Cras), entre outros que estão engajados na campanha.

Sefra Maria Barros, gerente do Departamento de Proteção Social Especial

PROGRAMAÇÃO
Nesta terça-feira (17), às 15 horas, haverá uma palestra na Unidade de Internação Masculina Sentenciada, para os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação e servidores. A palestra será proferida pela psicóloga Odila Maria do Creas/Semasf.

“A proposta anual da campanha, que neste ano comemora o 22º ano de mobilização, é destacar a data para sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual”, destacou o secretário da Semasf, Claudi Rocha.

Na próxima quarta-feira (18), o DIA ‘D’ da campanha, vai acontecer uma grande mobilização na Praça CEU, à rua Antônio Fraga Moreira com Benedito Inocêncio, bairro JK, na zona Leste, a partir das 16h.

“Vai ter amostra de vídeos, rodas de conversa, orientações, recreações, a presença dos Conselhos Tutelares para encaminhamentos de denúncias e muitas outras atividades”, completou Sefra Maria.

Prefeitura intensificará ações para debater o tema no mês de maio

AÇÕES
Além do trabalho de conscientização em órgãos públicos, escolas e pontos estratégicos da cidade, o Creas, localizado na avenida Prefeito Chiquilito Erse, antiga Rio Madeira, nº 2707, próximo ao Porto Velho Shopping, mantém uma equipe de atendimento psicossocial para atendimento diário, por meio do Plantão Social, através do telefone (69) 9 8473-5966.

SINAIS
Sefra Maria Barros pede que os familiares, vizinhos e professores fiquem atentos ao comportamento das crianças e adolescentes, para notar qualquer alteração. “As crianças vítimas de abusos se tornam mais retraídas, mais quietas, caladas, não costumam dialogar e nem socializar muito com as demais crianças”, explica.

Para ela, a violência sexual é uma pauta que ainda tem muita invisibilidade pública, porque depende de denúncias para ser percebida. “Então ela se torna um pouco silenciosa”, lamenta, reiterando a necessidade de denunciar os abusadores.

DENÚNCIAS

"Qualquer denúncia de casos de exploração e abuso sexual infantil pode ser feita pelo Disk 100, nos conselhos tutelares, Plantão Social do Creas, Ministério Público e nas escolas. Essas unidades são mobilizadoras, onde as professoras escutam as vítimas e nos encaminham as denúncias”, comentou.

CONTATOS
Plantão Social - (69) 9 8473-5966.
I Conselho Tutelar - (69) 9 9981-0664
II Conselho Tutelar - (69) 3901- 3642 e 9 9983-1383
III Conselho Tutelar - (69) 3901-3099 e 9 8473-4966
IV Conselho Tutelar - (69) 3901-3091 e 9 8473-3758
I Conselho Tutelar Distrital - Jaci-Paraná (69) 3236-6121 e 9 9979-1799 (plantão)
Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA) - (69) 3227-2799
Polícia Militar (PM)- 190
Polícia Rodoviária Federal (PRF) 191

Texto: Augusto Soares e Adaides Batista
Foto: Semasf e Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMS)
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem