YouTube bloqueia canal do parlamento russo e sofre ameaça de restrições

Canal Dumas TV, da Câmara Baixa da Rússia, foi bloqueado pelo Youtube. Foto: Reprodução

Porto Velho, RO - O YouTube bloqueou, neste sábado (9), o canal “Duma TV” que realiza a transmissão das sessões da Câmara Baixa do Parlamento da Rússia. De acordo com a empresa, o canal foi encerrado por violar os seus Termos de Serviço.

Em resposta, as autoridades russas se posicionaram de forma agressiva e ameaçaram a plataforma de compartilhamento de vídeos de sofrer restrições no país.

“Pelo que parece, o YouTube assinou seu próprio mandado. Salve o conteúdo, transfira-o para plataformas russas. E apresse-se”, disse Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores

Rússia acusa perseguição

O Serviço Federal de Supervisão de Comunicações, Tecnologia da Informação e Meios de Comunicação de Massa ou Roskomnadzor pediu ao Google que restabeleça imediatamente o acesso da Duma TV.

“A empresa americana de TI adere a uma posição anti-russa pronunciada na guerra de informação desencadeada pelo Ocidente contra nosso país”, disse o Roskomnadzor.

O porta-voz da Duma, Vyacheslav Volodin, disse que a restrição aplicada pela plataforma é uma prova da ação do governo norte-americano. “Os EUA querem obter o monopólio da promoção da informação. Não podemos deixar isso acontecer”, afirmou.

Caso o YouTube passe por sanção, ele não será o primeiro a ser restrito na Rússia. Desde o início da guerra na Ucrânia, Moscou determinou a suspensão do acesso ao Twitter e às plataformas da Meta Platforms, dona do Facebook e Instagram.

Fonte: DP Redação
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem