Mariana Carvalho filia no Republicanos e será candidata ao Senado com apoio da ala bolsonarista



Porto Velho, RO - Depois de exaustivas reuniões e disputas internas, a deputada federal Mariana Carvalho assinou ficha de filiação no Republicanos e recebeu garantias de que será apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro na disputa pelo Senado. Ela não pode ir para o PL, como gostariam o dirigente nacional, Waldemar da Costa Neto, e o senador Flávio Bolsonaro (PL).

O senador Marcos Rogério (PL) negou o acesso a parlamentar, mas ele perdeu qualquer chance de indicar um candidato ao Senado apoiado pelo presidente da República, inclusive o ex-senador Expedito Júnior, autor de vários impropérios ao presidente Bolsonaro, conforme um dossiê mostrou e que já está nas mãos da cúpula bolsonarista.

A farta documentação provando que Expedito não gosta de Bolsonaro teria sido levada a Brasília pelo pecuarista Jaime Bagatolli, a quem Marcos Rogério negou a candidatura ao Senado pelo PL. Ele ficou irritado e disse que pretende concorrer ao governo, mas não disse por qual partido.

O vice-prefeito de Porto Velho, Maurício Carvalho, será candidato à Câmara Federal. Até ontem a noite, ele estava confirmado no União Brasil ao lado de Cristiane Lopes, Fernando Máximo, Elias Rezende e Evandro Padovani.

Com a saída dos irmãos Carvalho do PSDB, o partido tucano agora fica nas mãos do prefeito Hildon Chaves, que já foi confirmado como presidente regional. A reportagem tentou falar com a deputada Mariana, mas ela não foi localizada para falar sobre o assunto.

Fonte: Rondoniagora
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem