PRIMEIROS SINAIS: Lula pode desistir da eleição alegando doença grave, insinua Revista Veja

Ex-ministro do Turismo insinuou que ex-presidente pode arrumar pretexto para desistir da eleição


Porto Velho, RO - Gilson Machado, o ex-ministro do Turismo do governo Jair Bolsonaro que ficou celebrizado por tocar sanfona em eventos com o presidente, disse no seu Twitter nesta segunda-feira, 4, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai desistir da eleição alegando “doença grave” ou “cansaço”. “Ele não será candidato, pode ser tudo, só não é burro. 
Tem exata noção do mundo real e pesquisas que demonstram clara tendência de vitória do presidente Bolsonaro. A janela partidária mostrou o grau de desidratação que os partidos contra o governo sofreram”, escreveu o ex-ministro no Twitter.

Procurada por VEJA, a assessoria de Lula disse que o ex-presidente fez check-up há pouco tempo, que ele está bem de saúde e que o boletim médico emitido pelo Hospital Sírio-Libanês, onde ele fez os exames, foi tornado público. Em post no Twitter, o ex-presidente foi na mesma linha. “Hoje eu estou um pouco baqueado pela Janssen, que eu tomei a dose de reforço ontem e estou com o braço doído. Mas fiz check-up e o médico disse para eu não dizer mais que tenho energia de 30, mas sim energia de 25 anos”, postou Lula.

Fonte: Revista Veja


Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem