Concursos PF e PRF: Bolsonaro promete chamar mais 1.000 novos aprovados para curso de formação

 


Porto Velho, RO - Quem aí lembra da promessa do presidente da República de chamar mais aprovados nos concursos PF e PRF, além das vagas iniciais? Pois bem, segundo Jair Bolsonaro, está tudo certo para a chamada de mais 500 candidatos em cada corporação.

Bolsonaro esteve conversando com grupos de apoiadores, que cobram a chamada de aprovados, na manhã desta terça-feira, 12. Ele afirma que já está tudo acordado com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, para chamar mais 500 na PF e mais 500 na PRF.

“O que está acertado são mais de 500 [candidatos a serem nomeados] para PF e 500 para PRF. Está fechado, acertei com a Economia, está tudo certo. Não tem como não dar certo”, disse Bolsonaro.

A conversa com os apoiadores aconteceu na saída do Palácio da Alvorada e não é a primeira vez que Bolsonaro conversa em público com os candidatos. Assim como também não é a primeira vez que ele se mostra favorável às chamadas dos excedentes.
Ministro age para agilizar convocações nos concursos PF e PRF

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Anderson Torres, é mais um que está engajado em promover a chegada de mais reforços em ambas as corporações. Para isso, recentemente, enviou uma proposta à presidência para favorecer a chamada de excedentes.

Pelas redes sociais , o chefe da pasta disse:

“Atenção, #AprovadosPRF2021 e #AprovadosPF2021, encaminhei hoje à Presidência, a proposta de decreto q afasta excepcionalmente os limites do decreto 9739/19, fortalecendo ainda mais as @policiafederal e @PRFBrasil. Aos policiais penais, estou atento à situação de vcs também!”

A proposta sendo aprovada por Jair Bolsonaro pode favorecer diretamente as novas convocações e não eliminações de muitos aprovados. Afinal, para quem não sabe, o referido decreto elimina os candidatos aprovados acima do dobro das vagas iniciais.

Ministro encaminha chamada de excedentes
Anderson Torres, em janeiro, a assinou um pedido para a chamada de 2.926 excedentes nos concursos PF e PRF. O chefe da pasta destacou que a autorização é importante para o fortalecimento das duas instituições de Segurança.

Jair Bolsonaro disse que fará o possível e dentro da lei para ter mais efetivo. Há tempos, se motrou aos excedentes, disse entende ser muito vantajoso para o governo contar com mais reforço.

“O que for possível fazer, dentro da lei, para aproveitar essa garotada.. vamos aproveitar o pessoal da PF e da PRF.”

O posicionamento de Bolsonaro pode ajudar em uma autorização para a PF e PRF convocarem os excedentes.
Concursos PF e PRF: editais somam 3 mil vagas

Os editais dos concursos PF e PRF foram divulgados em janeiro deste ano e somam 3 mil vagas, sendo 1.500 para cada corporação. Naquela época, Jair Bolsonaro prometeu chamar, pelo menos, 500 excedentes em cada polícia.

No concurso PRF, todas as oportunidades são para o cargo de policial rodoviário federal.

A carreira é destinada aos candidatos com nível superior em qualquer área. É preciso, ainda, ter carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

Já o concurso PF tem oferta de 1.500 vagas imediatas e efetivas. Além disso, a expectativa é que o presidente Jair Bolsonaro permita a chamada de 500 excedentes.

Todas as vagas do concurso PF são para graduados, com nível superior. As carreiras têm jornada de trabalho de 40 horas semanais e a distribuição das vagas imediatas por cargo confirmada é a seguinte:
Agente de polícia – 893 vagas
Escrivão de polícia – 400 vagas;
Papiloscopista policial federal – 84 vagas;
Delegado de polícia – 123 vagas.

Fonte: Folha Dirigida

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem