Moro troca o Podemos pelo União Brasil, sem garantia de disputar a presidência

Presidenciável vai anunciar saída do Podemos nas próximas horas; convite de Luciano Bivar tem como condição abrir mão da pré-candidatura neste momento


Foto: Saulo Rolim / Sérgio Lima / Danilo Martins - Podemos

Porto Velho, RO - Há tempos não se via um 31 de março tão agitado. Depois de João Doria dizer a aliados que não vai mais concorrer à Presidência da República, outro que anunciará seu destino nas próximas horas é Sergio Moro (Podemos). O ex-juiz decidiu aceitar o convite de Luciano Bivar e se filiar à União Brasil.

Como já publicamos, Bivar tem conversado também com Doria, Eduardo Leite e Simone Tebet sobre a candidatura única do chamado Centro Democrático. A condição prévia é que todos abandonem suas pré-candidaturas neste momento e passem a trabalhar em prol de um projeto comum.

O candidato à Presidência seria escolhido dentro de dois ou três meses, seguindo critérios a serem estabelecidos, não apenas a liderança nas pesquisas. Na segunda-feira, Moro jantou com Bivar e ensaiou um gesto de desprendimento ao dizer que o cacique “seria um ótimo vice ou cabeça de chapa“.

É um terremoto político.

Fonte: O Antagonista
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem