Governo não nomeia Marcos Rogério, e Flávio Bolsonaro age como líder informal no Senado


Porto Velho, RO - Prevista para semana passada, a nomeação do senador Marcos Rogério (PL-RO) para liderança do Governo Bolsonaro no Senado não se confirmou, e o senador Flávio Bolsonaro (PL) age como “líder informal” (https://www.diariodocentrodomundo.com.br/flavio-bolsonaro-lider-informal) para evitar mais derrotas na Casa.

Segundo levantamento da rádio web Sputnik, desde dezembro do ano passado, quando o senador Fernando Bezerra (MDB) deixou o cargo, o Governo só obteve êxito em 11 dos 45 projetos encaminhados ao Senado por falta de interlocução com os parlamentares.

Como a nomeação de Marcos Rogério, um dos maiores defensores do presidente na CPI da Pandemia, não foi confirmada, Flávio Bolsonaro foi indicado como líder informal para evitar mais derrotas para o Governo.

Em Rondônia, por ocasião da visita da ministra Damares Alves, o senador Marcos Rogério disse que aguardava a nomeação para liderança e que também estavam discussão uma provável assunção a um ministério com a saída de integrantes do primeiro escalão para concorrer nestas eleições.

Os aliados do senador já não acreditam em nenhuma nomeação e calculam o prejuízo eleitoral em razão do racha do seu grupo político.

Fonte: Rondoniagora
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem