Salles não vai disputar Senado por Rondônia; ex-ministro se filiou ao PL e concorrerá à Câmara Federal



O ex-ministro do governo federal foi defenestrado da gestão após ter seu nome envolvido numa operação da Polícia Federal (PF) em maio do ano passado

Porto Velho, RO – O ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles não concorrerá ao Senado Federal por Rondônia.

A imprensa nacional anunciou que ele se filou ao PL do presidente Jair Bolsonaro, do congressista rondoniense Marcos Rogério e do condenado no escândalo do Mensalão Valdemar Costa Neto (presisidente nacional da legenda).

Ele deve concorrer à Câmara Federal por São Paulo, estado onde nasceu.

No dia 21 de janeiro deste ano, o Rondônia Dinâmica publicou editorial intitulado:

“Provável candidatura de Ricardo Salles por Rondônia prova que “defuntos públicos” veem estado como purgatório dos fracassados”

A hipótese de candidatura por Rondônia saiu do empresário e pecuarista Bruno Scheid, também do PL.

O ex-ministro do governo federal foi defenestrado da gestão após ter seu nome envolvido numa operação da Polícia Federal (PF) em maio do ano passado.

A ficha de filiação de Salles ao PL foi assinada pelo deputado Bilbo Nunes, do Rio Grande do Sul.

Nunes foi o primeiro integrante da ala bolsonarista da Câmara a oficializar sua ida para a sigla do presidente da República.


Fonte: Por Rondoniadinamica
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem