Marinha de Putin expulsa submarino americano que invadiu águas russas

A tensão entre a Rússia e a Ucrânia vai continuar a marcar a agenda dos próximos dias Foto: Facebook

Porto Velho, RO - Um navio da Marinha russa passou por uma situação tensa com um submarino dos Estados Unidos neste sábado em águas russas no Pacífico. Segundo informações do governo russo, o submarino foi expulso depois que os americanos ignoraram uma ordem de emergir.

O ministério russo chamou o adido de Defesa dos EUA depois de reclamar que o submarino havia entrado em suas águas, informou a agência de notícias RIA. As tensões entre Moscou e Washington já estão altas devido a uma escalada militar russa perto da Ucrânia.

O submarino foi visto perto das Ilhas Curilas no início do sábado, enquanto a Rússia estava realizando exercícios navais com sua frota do Pacífico e recebeu ordens para emergir imediatamente, segundo o ministério russo.

Ele disse que a ordem foi ignorada pela tripulação do submarino dos EUA, levando a tripulação da fragata russa Marechal Shaposhnikov a usar “meios correspondentes” não especificados para fazer a embarcação partir.

“O submarino dos EUA deixou as águas territoriais russas em velocidade máxima”, disse o Ministério da Defesa. Não houve comentários imediatos dos Estados Unidos.

O ministro da Defesa da Rússia conversou por telefone com seu colega norte-americano no sábado, enquanto os Estados Unidos e outras nações ocidentais alertavam que a guerra na Ucrânia poderia começar a qualquer momento. O presidente dos EUA, Joe Biden, e seu colega russo, Vladimir Putin, iniciaram uma ligação. (ABr)

Fonte: DP Redação
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem