Marcos Rogério: “estamos no radar da liderança do Governo, mas não descartamos ministério”




Porto Velho, RO - O senador Marcos Rogério (PL) confirmou que seu nome está no radar do presidente Jair Bolsonaro para nomeá-lo na liderança do Governo no Senado, mas o parlamentar não descartou o convite para ocupar um ministério no mês de abril, quando 11 titulares deixarão as pastas para concorrer as eleições deste ano. “Confirmado na liderança do Governo, uma candidatura ao Governo é natural, mas não decidi nada ainda sobre o futuro.

Estamos no radar para a liderança do Governo, mas também não descartamos um ministério em abril”, disse Marcos Rogério, na manhã desta sexta-feira após participar de um evento com a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Sobre um eventual apoio ao governador Marcos Rocha ,caso não venha concorrer neste ano, Marcos Rogério entende que não há condições de caminhar com o projeto de reeleição do atual Governo, nem mesmo se o presidente Bolsonaro pedir. “Mas também não posso descartar uma decisão de grupo”, explicou o parlamentar, sinalizando que pode sim apoiar o atual governador, desde que haja entendimentos entre os aliados.

Discussão interna

Quando falou em aliados, o senador Marcos Rogério estava se referindo ao prefeito Hildon Chaves, o ex-senador Expedito Junior e o deputado estadual Laerte Gomes. Há uma pressão interna para que o grupo indique o futuro vice na chapa de Marcos Rocha e o nome cogitado é da primeira-dama Ieda Chaves, que também não descartou concorrer ao Governo de Rondônia.


Fonte: Da Redação/Rondoniagora
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem